Por causa da pandemia, festival de curtas Entretodos será online

Com transmissão totalmente online por causa da pandemia do novo coronavírus, o 13º Festival Entretodos de Filmes Curtos e Direitos Humanos tem início neste domingo (13). O festival, que é gratuito, vai até o dia 19 de setembro.

Na abertura do evento, marcada para as 15h de amanhã, haverá um show de Osvaldo Pereira, o primeiro DJ do país e que continua na ativa aos 85 anos. Amante da música desde a infância, ele criou um sistema de som na década de 1950, que deu início ao baile Orquestra Invisível Let’s Dance.

Na edição deste ano, a curadoria do evento selecionou curtas-metragens com temas relacionados aos diretos humanos, tais como o direito à moradia, à vida, à igualdade social e aos processos migratórios; direitos da juventude, idosos, crianças e adolescentes e pessoas com deficiência; orientação sexual; ativismo político e ambiental; entre outros.

“Essa pandemia está escancarando a realidade de desigualdade e intolerância do Brasil. Isso só reforça a necessidade da garantia dos direitos humanos. Apesar de distantes, este ano estaremos mais conectados e fortes do que nunca. É isso que pretendemos passar com a realização de ações em diversos canais de comunicação”, disse Jorge Grinspum, coordenador do Entretodos.

Entretodos

Página do site do festival  Entretodos – Reprodução/Entretodos

Entre segunda (14) e sexta-feira (18), a programação do Entretodos apresentará, sempre às 18h, sessões da Mostra Competitiva que serão exibidas pelas redes sociais e serão acompanhadas por bate-papos com diretores. Na quinta-feira (17), no entanto, a sessão será às 16 h. A Mostra Competitiva apresentará 34 curtas e a novidade deste ano é que o público poderá votar para eleger o melhor filme do festival. O anúncio dos vencedores ocorrerá no dia 19 de setembro, às 17 h, na cerimônia de encerramento.

Além da Mostra Competitiva, o festival conta com a Mostra Moçada, com filmes e animações que destacam atores menores de 18 anos e vai promover debates especiais com temas que tratam sobre a pandemia, a educação, o sistema prisional e o trabalho.

Mais informações sobre o festival podem ser encontradas em www.entretodos.com.br e nas redes sociais do evento. Há curtas também disponíveis na plataforma da SPCinePlay .

Créditos: Agência Brasil