Trocafone anuncia parceria com novos varejistas

Casas Bahia, Americanas.com e Ponto Frio passam a fazer parte do programa trade-in da empresa e aceitam celulares usados na troca pelo novo

SÃO PAULO, 30 de outubro de 2020 /PRNewswire/ — Para aumentar o estoque de produtos no e-commerce e continuar atendendo a demanda com smartphones e tablets de modelos variados, a Trocafone, startup líder na compra e venda de smartphones e tablets seminovos no Brasil e América Latina, acaba de fechar parceria com Casas Bahia, Americanas.com e Ponto Frio para incentivar os usuários a desengavetar seus aparelhos antigos e vender para a empresa. Também fazem parte do programa trade-in da Trocafone empresas como  Magalu, Samsung, Fast Shop e Vivo. 

Além do trade-in, as pessoas interessadas em vender os aparelhos usados podem acionar diretamente o site da companhia e seguir o direcionamento necessário para fazer a venda sem sair de casa. “Por meio do nosso sistema de logística, coletamos os aparelhos seminovos na casa dos clientes que estão em São Paulo. Já para as demais regiões do país é só fazer a postagem gratuita para o nosso centro de análise. Fazemos a avaliação do produto e o depósito do valor em conta”, explica Guille Freire, CEO da Trocafone. 

Como funciona

Todos os smartphones e tablets recebidos na plataforma Trocafone passam por uma análise técnica rigorosa, que é composta pela verificação do hardware e do software do aparelho.

Primeiro, a empresa faz análise do celular junto aos dados informados pelo cliente no momento da compra e verifica se as características são as mesmas descritas no cadastro do produto. Nessa etapa são avaliados: marca, modelo, capacidade, cor e condição do aparelho, além da análise das funções do celular de acordo com cada condição.

Após essa primeira análise, a Trocafone realiza um teste mais específico para garantir ainda mais a qualidade. Nesta etapa, são analisadas conectividade (Wi-Fi, Bluetooth e rede), som (alto-falantes e microfone), câmera e vídeo, botões (Inclusive os de tela), embalagem (sem quebras, rachaduras ou outros danos), conectores (fone de ouvido, carregador, entre outros) e bloqueios (apenas aparelhos desbloqueados passam pelo processo).

Após todo o processo de qualidade, os produtos são disponibilizados para venda no site. Caso o telefone seja reprovado em alguma etapa, a empresa aproveita as peças que estejam funcionais em outros aparelhos. O lixo eletrônico é enviado para reciclagem seguindo os padrões da Lei Federal 12305/2010.

“Os clientes das revendas que comprarem um aparelho novo podem optar por venderem seus celulares usados diretamente no nosso site ou entregar o aparelho usado na loja física do nosso parceiro na hora de comprar um novo. É uma excelente maneira de investir em sustentabilidade e reaproveitar um item que, provavelmente, ficaria encostado na gaveta e ainda ganhar um desconto no valor do novo smartphone”, acrescenta o CEO.

Com essa iniciativa, a Trocafone prevê mais qualidade nos modelos comprados, um aumento do estoque e crescimento de até 40% nas vendas até o final do ano.

Sobre a Trocafone

A Trocafone é uma empresa baseada na cultura do recommerce e atua para dar um novo destino a aparelhos usados. Por meio de diferentes plataformas -website e pontos de coleta -, o usuário pode comprar e vender smartphones e tablets seminovos, com a garantia que funcionem como aparelhos novos. É um negócio sustentável, pois traz benefícios econômicos para a sociedade ao mesmo tempo que contribui para a redução de lixo eletrônico e é consciente com o meio ambiente. Mais informações: www.trocafone.com

Informações para a imprensa
CoWork Comunicação
Marina Lamardo – marina.lamardo@coworkcom.com.br 
+55 11 97514-0920
Renata Soller – renata.soller@coworkcom.com.br
+55 11 98217-7570 
Marcio Martins – marcio.martins@coworkcom.com.br
+55 11 94562-2552

FONTE Trocafone

Créditos: PR Newswire