Copa do Brasil: São Paulo bate Vasco e mantém sonho de título inédito

0 0
Read Time:2 Minute, 29 Second

O São Paulo superou o Vasco novamente e se classificou às quartas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (4), o Tricolor, que busca o inédito título da competição, derrotou o Cruzmaltino por 2 a 1 no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, pelas oitavas de final.

Os paulistas entraram em campo podendo até perder por um gol de diferença, já que ganharam a partida de ida, há uma semana, no Morumbi, em São Paulo, por 2 a 0. O adversário tricolor será definido em sorteio na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta sexta-feira (6), às 15h (horário de Brasília).

Apesar da vantagem no placar agregado, foi o São Paulo quem tomou a iniciativa em São Januário. Aos 20 minutos, o lateral Reinaldo cobrou escanteio pela direita, o zagueiro Léo Pelé cabeceou na pequena área e o goleiro Vanderlei fez grande defesa. O rebote sobrou com Bruno Alves, que tentou desviar de barriga, no susto, acertando a trave. No lance seguinte, o Vasco até balançou as redes com Germán Cano, mas o juiz Anderson Daronco, com auxílio do VAR (árbitro de vídeo), anulou o gol por um toque de mão do volante Juninho na jogada.

A missão cruzmaltina ficou mais difícil aos 31 minutos, quando Léo Jabá foi expulso após falta dura em Reinaldo. Daronco, inicialmente, deu amarelo ao atacante, mas alterou a cor do cartão ao rever o lance no vídeo, por recomendação do VAR. Onze minutos depois, o lateral Luis Orejuela cruzou pela direita, livre, para o atacante Emiliano Rigoni, de cabeça, abrir o placar e complicar a vida dos anfitriões.

No começo do segundo tempo, aos quatro minutos, o meia Martín Benítez aproveitou a sobra de uma bola alçada na área e arrematou, contando com um desvio no zagueiro Leandro Castan para balançar as redes do ex-clube e aumentar a vantagem tricolor. O terceiro quase saiu aos 13, em tentativa de letra do atacante Pablo, na entrada da pequena área.

Mesmo com um a menos, o Vasco conseguiu diminuir. Aos 25, o goleiro Tiago Volpi defendeu, no primeiro momento, o chute do lateral Zeca, mas a bola rebateu no volante Liziero e foi para o gol. A tentativa de reação carioca, porém, foi novamente freada por uma expulsão. Aos 34 minutos, Leandro Castan perdeu equilíbrio ao correr atrás de Vitor Bueno, que partiu em direção à meta de Vanderlei, derrubando o atacante e levando o segundo vermelho da noite. Com dois a mais em campo, o Tricolor administrou o resultado.

Os dois times voltam a campo neste sábado (7), pelos respectivos campeonatos nacionais. O São Paulo visita o Athletico-PR às 18h, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 15ª rodada da Série A do Brasileiro. Mais tarde, às 19h30, o Vasco encara o Vitória no Barradão, em Salvador, pela 16ª rodada da Série B.

Créditos: Agência Brasil EBC

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %