CGTN: Festival de Chongyang: o legado chinês da piedade filial

0 0
Read Time:2 Minute, 43 Second

PEQUIM, 13 de outubro de 2021 /PRNewswire/ — Respeitar e cuidar dos mais velhos, especificamente dos pais, é considerado um legado nos 5.000 anos de civilização da China. O conceito de piedade filial remonta a 400 a.C. quando foi mencionado nas obras iniciais por renomados filósofos antigos.

Chongyang, ou o Festival dos Dois Noves, é comemorado no 9º dia do nono mês do calendário lunar chinês, que cai em 14 de outubro deste ano. Há muito tempo este tem sido um dia para os chineses mostrarem cuidado e amor aos idosos.

Os filhos que trabalham passam o dia em casa conversando com parentes mais velhos, com o presidente chinês, Xi Jinping, liderando a iniciativa.

Xi, o filho filial

Apesar de uma agenda apertada, Xi caminhava com sua mãe, segurando as mãos dela, sempre que tinha tempo.

De acordo com o CMG, há duas fotos em sua estante de livros: uma dele passeando ao lado de seu pai em uma cadeira de rodas e outros familiares, e outra andando com sua mãe.

A deferência aos idosos tornou-se um dos traços de Xi, não apenas para os idosos de sua família, mas para toda a sociedade em geral.

Xi pede respeito pelos veteranos

Em 1984, Xi, então secretário do Comitê do Condado de Zhengding do Partido Comunista da China (PCC) na província de Hebei, no norte da China, escreveu em um artigo que “funcionários jovens e de meia-idade devem respeitar os veteranos na construção de uma relação sincera de cooperação e, assim, trabalhar lado a lado e promover o trabalho do partido.”

Naquela época, ele pediu mais cuidado para idosos. Ele esvaziou uma sala de reuniões e a mudou para um espaço de recreação para os idosos. Além disso, ele priorizou a hospitalização e resolveu muitas dificuldades para idosos.

Ao longo de sua carreira política, o presidente chinês sempre defendeu a causa do cuidado de idosos. Momentos que demonstram seu cuidado e respeito aos idosos são bastante populares.

Desde o 18º Congresso Nacional do PCC em 2012, Xi deu uma série de instruções e adotou planos e arranjos relevantes para desenvolver os serviços de atendimento aos idosos do país e o sistema de pensão.

Durante suas inspeções domésticas, Xi visitava regularmente as instalações de atendimento aos idosos para verificar se as políticas de apoio foram bem implementadas e os moradores recebem cuidados adequados.

O desenvolvimento de um sistema de atendimento a idosos foi incluído no 13º Plano Quinquenal e recebeu 13,4 bilhões de yuans (quase 2 bilhões de dólares) do orçamento central entre 2015 e 2020.

Durante o 14º Plano Quinquenal (2021-2025), a China melhorará ainda mais a infraestrutura que ajuda a apoiar os serviços de atendimento aos idosos e melhorar sua qualidade. De acordo com o plano, a cobertura básica de seguros para idosos do país chegará a 95% até 2025, um aumento de 90% em 2020.

De acordo com o recém-lançado sétimo censo populacional da China, o país tem 264 milhões de pessoas com 60 anos e mais e 191 milhões com 65 anos e mais, representando 18,7% e 13,5% da população total, respectivamente.

https://news.cgtn.com/news/2021-10-13/-Chongyang-Festival-The-Chinese-legacy-of-filial-piety-14k7hkl3tS0/index.html

FONTE CGTN

Créditos: PR Newswire

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %